Como manter a segurança da conta no YouTube


Segurança da conta no YouTube

É muito importante manter a segurança da conta no YouTube. No dia 10 de abril, hackers alteraram títulos e fotos de capas dos vídeos mais populares do canal Vevo (e de todo YouTube). Um deles foi o clipe “Despacito”, com mais de 5 bilhões de visualizações.

Se até os vídeos mais populares da plataforma foram hackeados, a segurança de qualquer usuário pode estar em risco. Existem maneiras de reforçar sua segurança no YouTube.

A primeira coisa que se deve fazer é configurar a verificação da conta em duas etapas. Basta adicionar o número de um telefone de recuperação e um e-mail secundário seguro ao Gmail. Se você ainda não fez isso, faça aqui.

Dessa forma, se alguém conseguir violar sua senha, ainda não terá acesso (a menos que obtenha acesso ao seu celular também).

Você também deve configurar um número de telefone de recuperação para recuperar o acesso caso se “autobloqueie”.

A senha de segurança

Tenha uma senha forte, de no mínimo oito caracteres. Certifique-se de usar uma combinação de números, pontuação e letras em maiúsculas e minúsculas.

Não use a mesma senha (ou uma semelhante) para várias contas. O ideal é que você também altere-a a cada dois ou três meses.

Se você compartilha o acesso com várias pessoas, não esqueça de mudar a senha e de cancelar a permissão caso alguém saia do grupo.

Atualização e “phishing”

Mantenha seus aparelhos atualizados. Atualize seu navegador (ele deve mostrar a mensagem Esta é a versão mais atual”) e seus aplicativos, principalmente o app do Gmail, do seu smartphone.

Manter-se protegido também depende de bom senso. Cuidado com e-mails de phishing. Phishing é um “cybercrime” em que o alvo é contatado por e-mail, telefone ou mensagem de texto por alguém que se apresenta como uma instituição falsa, na intenção de roubar informações pessoais.

Fora da plataforma, o YouTube nunca pedirá sua senha, endereço de e-mail ou outras informações de conta. Se você for redirecionado para uma página de login diferente, verifique a URL (endereço eletrônico  no topo da página) para evitar páginas falsas.

A verificação em duas etapas que citamos anteriormente protege você contra esse tipo de fraude, mas você deve tentar evitá-las.

Para mais informações, o Google disponibiliza uma lista de verificação de segurança que detalha práticas recomendadas aqui.

Fonte