Conheça dicas fundamentais de como usar memes corretamente


A internet virou o paraíso dos memes. Não importa a rede, eles são usados por todos e a todo momento.

Com os memes não só definimos o humor como também a forma como nos comunicamos. Nesse caso, os influenciadores precisam se adaptar e saber como usar memes com sabedoria.

Por isso, vamos dar dicas de como usar os memes corretamente. E aumentar o seu engajamento, e o da sua empresa.

Leia também: Como avaliar o engajamento de um influenciador?

Mas, o que é um meme?

Seja uma imagem, um vídeo ou um GIF, meme é tudo aquilo que viraliza na internet. Com intenções humorísticas, na maioria das vezes. Portanto, se você viu uma foto sendo compartilhada por milhões de pessoas e que já se tornou algo popular, pode ter certeza que aquilo é um meme.

Por terem uma facilidade de transformação, os memes podem ser repensados por qualquer pessoa. Nisso, uma mesma foto ou um mesmo vídeo pode trazer características diferentes dentro do mesmo assunto. Isso demonstra o surgimento de um meme. Que nasce de diferentes maneiras, a partir de diferentes ideias, fazendo com que haja uma transformação.

Essas adaptações constroem conteúdos criativos e que podem ser reinventados a cada compartilhamento. Tivemos vários exemplos durante a Copa do Mundo este ano. Entre os principais, estão os feitos com o Tite, técnico da seleção brasileira. Tanto o vídeo dele quanto dele ganharam diferentes versões e se tornaram populares durante o evento. E até depois dele.

Portanto, criar ou compartilhar o meme está relacionado a estar bem atualizado com o que acontece a todo momento e em qualquer lugar.

Agora, como usar memes para engajar?

Segundo Fernanda Guimarães, diretora executiva de criação da agência Mutato, o meme é preciso ser usado com humildade. De acordo com ela, memes são criações e compartilhamentos populares. Algo exclusivo “da galera”.

Nisso, às vezes, um meme ser usado com sua marca ou com sua assinatura pode não ter o mesmo engajamento. Mas calma, ainda pode funcionar, caso seja bem feito.

Com tudo acontecendo de forma rápida na internet, memes podem morrer na mesma velocidade em que surgiram. Então, é preciso estar atento quanto ao “tempo de vida” do meme.

Outro fator importante é deixá-lo agir de forma natural. Ou seja, utilize de um jeito que seja relacionado com sua marca, mas não interfira muito nele. Caso contrário, seu público vai se sentir afastado e enganado com você utilizando-o de maneira “errada”.

Durante a Copa, a Brahma foi outro destaque. Para o gerente de marketing, Rodolfo Carvalho, os memes são uma leitura do que os consumidores estão falando. Portanto, é um indicador do conteúdo que eles precisam fazer.

O que o influenciador precisa saber

Mesmo que os memes tenham muito engajamento, nem todos funcionam para todo mundo. O primeiro passo é entender a sua marca e o perfil dos seus consumidores. Saiba o que eles consomem e como consomem. Só assim, você vai saber em qual momento e como usar para influencia-los. Para isso, é preciso também entender o contexto de cada meme.

Em 2015, a página da prefeitura de Curitiba virou destaque na utilização dos memes. Na situação, eles entenderam o público que os acompanhava e adaptaram informações cotidianas da cidade com as piadas do dia a dia. Isso, além de aproximar o público da sua página, também vai mostrar o quanto você está atualizado.

Essa atitude mostra aos seus consumidores que você está conectado com ele a todo momento. Sendo assim, a fidelidade aumenta ainda mais. No YouTube, utilize-os na edição dos seus vídeos. Fique atualizado em tudo. Não só nas notícias, mas também dentro das redes sociais, como Twitter e Facebook, por exemplo.

Tenha cuidado na hora de lançar um meme. Fique atento quanto ao humor dele, primeiro para saber se está relacionado com você e com seu público e para não ofender ninguém. Nisso, é recomendável esperar os memes surgirem ao invés de criar um. Isso ajuda você conhecer a repercussão e como as pessoas estão reagindo a ele.

Outra dica é utilizar o site Know Your Meme. Nele você consegue saber toda a origem e como ele está sendo utilizado na internet.

Leia também: Aprenda a usar o humor no YouTube

Como criar memes?

Como explicado anteriormente, memes podem ser tanto criados quanto compartilhados. Se quiser agregar na internet algo da sua criatividade e original, saiba agora como criar os seus próprios memes. Por mais que pareça ser algo complexo, é bem mais simples do que você imagina. Basta a criatividade.

Na internet existem diversos programas gratuitos que ajudam na criação.

Memedad – Sem publicidades e marca d’água, é uma boa opção para quem está começando. Além de fácil, é rápido de usar.

Meme Generator – Marcado como um dos principais de criação, é uma plataforma completa. Além de fornecer vários já prontos, você consegue criar o seu facilmente. O único problema para nós, brasileiros, é que ela não traz uma versão em português.

Fontes: 1, 2 e 3