Grupos de divulgação no Facebook é boa opção para crescer o canal?


Grupos de divulgação no Facebook ajudam?

Todo produtor de conteúdo já passou pela mesma dificuldade: Como fazer o canal crescer? Mas vale a pena usar grupos de divulgação no Facebook?

E em quase todos os casos, youtubers buscam soluções mirabolantes que façam os seus inscritos se multiplicarem do dia para a noite. Eis que surge a ideia dos grupos de divulgação no Facebook. Não tem erro, ali todos estão querendo se ajudar e crescer, certo? Errado!

As pessoas que fazem parte desses grupos estão pensando apenas em fazer seus próprios canais bombar. Ninguém está ali para ajudar os outros, ou seja, ninguém está interessado em realmente te ajudar.

Troca de inscritos, likes, views, etc

Tenha em mente que nesses grupos ninguém ajuda ninguém sem recompensa. E é aí que surge a troca de inscritos, likes, views, comentários, etc. Há até aqueles que só fazem essa troca se a outra pessoa prometer se manter fiel ao canal.

Mas como comprovar que essa pessoa cumpre a sua palavra se ninguém confia nos outros membros do grupo, até porque todos estão ali pensando em seu próprio canal?

É comum que essa comprovação seja feita por print. Nesse momento, você deve estar pensando que não tem problema esse inscrito ser “comprado”, se ele continuar fiel ao canal é o que interessa.

É nesse momento que surgem os três principais problemas dos “inscritos por inscritos” em grupos de divulgação:

Problemas

Engajamento: Por mais que essas pessoas realmente assistam aos seus vídeos por obrigação, elas nunca serão engajadas com você. Para crescer no YouTube, você precisa de um público fiel ao seu conteúdo, que se importa com o que você diz no seu vídeo. Isso será importante no caso de campanhas que você faça futuramente através do marketing de influência, a melhor forma de ganhar dinheiro nesse meio.

Tempo de retenção: Por mais que essas pessoas mandem print que assistiram ao seu vídeo e deram like, você jamais terá garantia de que elas viram todo o seu conteúdo. E pode ter certeza que elas provavelmente não viram mesmo. O que é um problema, pois atualmente mais do que views, o YouTube valoriza o tempo assistido dos vídeos.

De nada adianta alguém assistir o seu conteúdo por apenas 10 segundos, pelo contrário, o algoritmo da plataforma entende que se a pessoa assistiu pouco e saiu é porque ela não gostou do vídeo, o que te prejudicará nas buscas dos vídeos seguintes.

Tempo perdido: Parece uma solução rápida, mas não é. Da mesma forma que as pessoas “assistirão” aos seus vídeos para dar like e se inscreverão no seu canal para depois mandar print, você terá que fazer o mesmo. Para crescer, você realizará essa prática com centenas de canais e repeti-la a cada vídeo lançado em todos eles. Além de conferir se todos os prints que te mandam dos seus vídeos assistidos. Já pensou que você vai gastar um tempo absurdo com todo esse processo para um resultado pequeno? E mais do que isso, por que não gastar esse tempo para produzir um bom conteúdo? Pode demorar, mas a forma orgânica sempre será mais eficiente do que grupos de divulgação.