O que é Facebook?


Antes de entender o que é Facebook, vamos entender como foi criado.A rede social nasceu em fevereiro de 2004 com base na Universidade de Harvard.

Foi criado por Mark Zuckerberg, juntamente com Edward Saverin, quando ambos ainda estavam na faculdade. Uma das razões creditadas para o rápido crescimento e popularidade do Facebook foi a exclusividade.

Antes, para entrar na rede, você precisava ter um endereço de e-mail em uma das escolas da universidade. Logo se expandiu para além dos muros de Harvard e chegou a outras faculdades na área de Boston.

Em outubro de 2005, expandiu-se para incluir faculdades no Reino Unido. Em dezembro, foi lançada para faculdades na Austrália e na Nova Zelândia. A acessibilidade do Facebook também se expandiu para empresas como Microsoft e Apple.

Finalmente, em 2006, o Facebook abriu cadastro para qualquer pessoa com 13 anos ou mais e decolou. Ultrapassando o site MySpace e alçando o status de rede social mais popular do mundo.

Em 2007, foi lançada a “Plataforma Facebook”, que permitia aos desenvolvedores criar aplicativos na rede. Em vez de simplesmente ser emblemas ou widgets para decorar a página do Facebook, esses aplicativos permitiam que os amigos interagissem dando presentes ou jogando, como xadrez.

Em 2008, foi  lançado o “Facebook Connect”, que concorreu com o “OpenSocial” e o “Google+” como um serviço de autenticação de login universal. Assim você usa sua conta no Facebook ao invés de criar novas contas em sites terceiros.

O sucesso do Facebook certamente pode ser atribuído à capacidade de atrair pessoas e empresas, a rede de desenvolvedores que o transformou  em uma plataforma próspera e a capacidade do “Facebook Connect” de interagir com sites na internet.

O que é Facebook?

O Facebook é um site e serviço de rede social em que os usuários postam comentários, compartilham fotos e links para notícias. Além de outros conteúdos interessantes na web. Eles também jogam, conversam e transmitem vídeos ao vivo.

Aliás, você pode até mesmo pedir comida nas páginas de restaurantes.

O conteúdo compartilhado pode ser disponibilizado publicamente ou pode ser compartilhado apenas entre um grupo seleto de amigos, familiares ou com uma única pessoa.

Os usuários são habilitados a criarem seus perfis que podem incluir de fotos até lista de interesses pessoais. A união das palavras em inglês face (rosto) e book (livro) resulta num conceito, em tradução livre, “livro de rostos”.

Baseia-se na ideia de que você pode estender quem você é na vida real para o mundo virtual. Além disso, como na maioria das redes sociais, é possível monetizar postagens e transmissões.

FONTE