YouTube: Conheça o canal Boteco do JB


“Chamar algo de gourmet é se aproveitar da falta de parâmetro dos outros pra rotular um produto e cobrar mais por ele”. Essa frase é de Julio Bernardo, criador do canal do youtube Boteco do JB.

JB nasceu em São Paulo em 1973. Filho de bucheiro (feirante que vende miúdos), foi ele próprio feirante, DJ e chefe de cozinha. Aos 12 anos, o pai anunciou que mudaria de ramo. Assim, o “autista” (como era chamado na escola por ser calado) disse que largaria os estudos. E também que queria tomar a banca.

A adolescência e o começo da vida adulta, Julinho (como é conhecido pelos amigos) passaria acordando de madrugada. Recolher produtos dos fornecedores e disputar fregueses com outros comerciantes bons de grito era sua rotina.

Mudança

As coisas mudaram quando Julio foi convidado por amigos para dar uma “mãozinha” num restaurante e um bar em Pinheiros.

Apesar de um não ter dado certo, o outro se pagou. E Julio pegou gosto pela coisa. Abriu um buffet e passou a escrever sobre o que comia. Hoje, apesar de não se autonomear crítico gastronômico, as opiniões de JB são extremamente relevantes para a cena gastronômica de São Paulo.

Em entrevista à TRIP, ele diz: “Eu sou um cronista de comida. Eu como, bebo e escrevo sobre isso. Mas, não tenho essa pretensão de ser crítico culinário”.

Já em seu blog, Bernardo é um pouco mais direto: “[…] a minha coluna privilegiará comida e bebida apenas por retratar meu cotidiano, e eu como e bebo pra cacete. mas NÃO se trata de crítica gastronômica, ok? não tenho a menor condição financeira de fazer essa função. Aliás, não conheço ninguém no brasil que cumpra esse papel seriamente”.

Ácido, Julinho não mede o peso da caneta na hora de comentar suas experiências ruins em restaurantes prestigiados, o que se reflete de maneira extremamente positiva quando o ex-feirante fala dos lugares que realmente “valem a pena”.

YouTube

Julho ainda publica suas crônicas em seu site, o “edifício tristeza”. Mas hoje você pode contar com entrevistas, dicas de comidas e até aprender a fazer drinks em seu canal do Youtube, o boteco do JB. No quadro “JB recebe”, ele conversa com alguns dos grandes nomes do YouTube nacional, como Tavião e Rafinha Bastos.

Já no quadro “Gigantes do Rango”, JB recebe e visita cozinheiros.

Apesar da falta de regularidade do canal do youtube, o cronista está sempre indicando “o que comer e do que correr” no seu Instagram. Não dá pra deixar de conferir:

Agora, nas palavras do próprio JB: “tudo isso posto agora é só chegar, pegar um banco e sentar no balcão aí da frente. seja muito bem vindo ao outono de minha vida. ergamos juntos os tristes e imperfeitos tijolos dessa edificação. a meta é que consigamos deixar nossos pesadelos pelo menos um pouco mais divertidos.”

Fonte