Youtuber preso e banido da plataforma


Youtuber preso

Alguns youtubers acreditam que tudo é válido para conseguir seguidores. Entretanto, existem coisas que ultrapassam os limites. A maior prova disso aconteceu na Espanha, onde um youtuber foi preso e banido da plataforma. 

O caso que provocou a ação na justiça aconteceu em 2017. Kanghua Ren é um youtuber chinês – criado na Espanha. Em 2017 ele gravou um vídeo tentando fazer uma pegadinha “engraçada”. Porém, a situação foi tão errada, que ele acabou se envolvendo nessa polêmica com a justiça. 

A sentença estabelecida para o youtuber foi:

  • 15 meses de prisão, porém ele não cumprirá esse tempo por ser réu primário;
  • pagamento de  20 mil euros (cerca de R$ 87 mil) por danos morais;

Além disso, ele foi banido do YouTube. O canal será excluído e Kanghua não poderá criar outra conta. É importante dizer que o vídeo com a “pegadinha” gerou uma receita de 2 mil euros (R$ 8,7 mil).

Em 2017 ele estava na lista dos “200 youtubers mais importantes da Espanha e Iberoamérica”.

A “pegadinha”

Para se defender Kanghua alegou que era comum fazer brincadeiras no canal ReSet. Entretanto, foi a crueldade do vídeo que chamou atenção. Ele pegou um pacote de bolacha OREO, removeu o recheio e substituiu por pasta de dente. 

Depois disso, ele saiu oferecendo o pacote de bolachas para moradores de rua. Um homem, chamado Gheorge aceitou o pacote e pelo que foi apurado pela justiça, ele chegou a ser levado para o hospital, pois estava passando mal. O youtuber também foi flagrado entregando 20 euros (cerca de R$ 87) para que o homem não o denunciasse. Além disso, ele admitiu ter dado cerca de 300 euros para a filha de Gheorge para que ela não contasse o que havia acontecido. 

No final do vídeo Reset ainda disse: “Talvez eu tenha ido um pouco longe, mas veja pelo lado positivo: isso vai ajudá-lo a limpar os dentes. Acho que ele não os limpou desde que ficou pobre”.

Fonte